DISCIPLINA DE ARTE É DESTAQUE DA ESCOLA, NA SEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

Data 12/12/2009 20:00:00 | Assunto: Assunto

A disciplina de ARTE foi destaque durante o mês de Novembro onde todas as escolas do estado do Paraná desenvolveram atividades para lembrar o dia 20 de Novembro que marca a "Semana da Consciência Negra". As professoras: Sandra Cristina Scaraboto, Cleide Sanches Pinheiro e Lucimara Aparecida Monteiro trabalharam durante todo o mês de novembro e não apenas no dia que marca a data.



A disciplina de ARTE foi destaque durante o mês de Novembro onde todas as escolas do estado do Paraná desenvolvem atividades para lembrar o dia 20 de Novembro que marca a "Semana da Consciência Negra". As professoras Sandra Cristina Scaraboto, Cleide Sanches Pinheiro e Lucimara Aparecida Monteiro trabalharam durante todo o mês de novembro e não apenas no dia que marca a data.

Ao iniciar o trabalho referente aos negros as professoras trabalharam o texto:

“O dia da Consciência Negra é celebrado em 20 de novembro no Brasil e é dedicado à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira. O dia da Consciência Negra procura ser uma data para relembrar a resistência do negro à escravidão, o transporte forçado para o Brasil. Procura-se evitar o preconceito, ou seja, a inferiorização perante a sociedade (inserção do negro no mercado de trabalho).

O dia é celebrado desde a década de 1960, embora só tenha ampliado seus eventos nos últimos anos. A semana da qual está o dia 20 de Novembro também recebe o nome de "Semana da Consciência Negra".

A data foi escolhida pelo movimento negro em homenagem a Zumbi dos Palmares, que faleceu neste dia. Zumbi foi o líder do Quilombo dos Palmares que é considerado o maior foco da resistência negra à escravidão no Brasil.

Como o Dia da “Consciência Negra”, só é comemorado uma vez por ano, talvez levemos séculos para reeducar a sociedade. Então, que tal a ideia de que não importa se sejamos negros, índios, ou brancos... somos todos seres humanos e devemos nos sentir iguais".

Após o trabalho com o texto, as professoras realizaram uma “composição que representaria os negros. Apresentaram através de slides no pendrive com utilização da TV Multimídia imagens com ênfase no título: “BRASIL, o país mais africano do mundo”. Os slides oportunizaram aos alunos a reflexão acerca dos seguintes pontos:

• Os negros não vieram para o Brasil de livre e espontânea vontade. Eles foram arrancados da África, comprados por traficantes de escravos e trazidos à força dentro dos porões dos navios negreiros, em condições precárias. Muitos deles morriam na travessia.

• Ao chegarem ao Brasil, eram vendidos nos mercados de escravos para trabalhar em plantações e nas minas.

• Junto com eles vieram seus costumes, sua cultura. Foram eles que inventaram o arado a mais ferramenta agrícola – a enxada – usada até hoje.

• O Brasil foi o último país a abolir a escravidão. Isto aconteceu com a assinatura da Lei Áurea pela princesa Izabel.

• Hoje no Brasil, vivem 53 milhões de pessoas negras. É a maior população negra fora da África,;

Ainda no desenvolvimento do trabalho com a temática a professora Sandra propôs aos alunos da 7ª série do turno vespertino confecção de máscaras africanas, com os seguintes materiais: papel Paraná, tinta guache, gliter, lápis de cor, giz de cera, vidro, etc. As máscaras foram expostas na Feira do Conhecimento realizada pela escola no dia 28 de Novembro. Com os alunos da 8ª série do turno vespertino foram realizados cartazes em dupla retratando a cultura negra. Nas 5ª e 6ª série do turno vespertino, a professora Sandra trabalhou os textos, os slides dos artistas e releitura da obra de Portinari “O Mestiço”.

As professoras Cleide e Lucimara trabalharam os slides sobre a temática, bem como da vida e obra dos autores e propuseram composições e releituras de obras com os alunos de 5ª a 8ª séries do turno matutino que representasse a data.

Todas as professoras apresentaram vídeo retirado do youtube com imagens da “Consciência Negra”. As professoras trabalharam também através de slides no pendrive com utilização da TV Multimídia - Vida e obra de Tarsila do Amaral e Candido Portinari, uma vez que estes artistas retrataram em suas obras a vida dos negros.

Veja as fotos do trabalho realizado com os alunos durante o mês de Novembro!













Está notícia foi publicada no ESCOLA ESTADUAL ALMIRANTE BARROSO - ENSINO FUNDAMENTAL
http://www.rdnbarroso.seed.pr.gov.br

Endereço desta notícia:
http://www.rdnbarroso.seed.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=68